Empresa

Dia

Periodo


CTT
25 de Outubro
24 horas

Metro de Lisboa
31 de Outubro
24 horas

Transtejo
3 de Novembro a 9
3 horas por turno

Soflusa
3 de Novembro a 9
3 horas por turno

Transportes colectivos do Barreiro
6 de Novembro
Desde o primeiro serviço destes trabalhadores até às 12h00

Carris
7 de Novembro
Das 9h30 às 15h30 para plenário

STCP
7 de Novembro
Das 8h00 às 16h00

CP
7 de Novembro
24 horas

Função pública
8 de Novembro
24 horas, diversos transportes municipais em greve

Sector dos transportes
9 de Novembro
Manifestação geral

 
 
 

Vídeos

06/27/2013

0 Comments

 
 

Imagens

06/27/2013

0 Comments

 
 Imagem
Trabalhadores da TAP
 Imagem
Trabalhadores dos CTT da Cabo Ruivo impedem a saída de um fura-greves
 Imagem
Garcia Pereira e Armédio Carlos junto dos trabalhadores do Metro de Lisboa
 Imagem
Garcia Pereira e Carlos Silva junto dos trabalhadores do Metro de Lisboa
 
 
 Imagem
A linha sindical Luta-Unidade-Vitória um pouco por todo país distribuiu tarjetas tendo como objectivo a mobilização para a Greve Geral que se irá realizar nesta quinta-feira, dia 27 de Junho.

Sob o objectivo do derrube do governo de traição nacional PSD/CDS, milhares de tarjetas passaram para as mãos de milhares de trabalhadores em inúmeros locais, onde destacamos os Estaleiros de Viana do Castelo, passando Grundig de Braga , a Boch de Ovar, a Renault de Aveiro, os STCP do Porto, a DOREL de Vila do Conte, a Galp Energia de Matosinhos, em  Guimarães entre outras destacamos a COELIMA, a TERFEL e a OUTEIRINHO, cidades como Coimbra, Lisboa, entre outras, onde por exemplo os operários das OGMA recebiam os dizeres com muito agrado, onde se afirmava “Se não forem os trabalhadores, democratas e patriotas a unirem-se pelo derrubamento do governo, ele não cairá!”, passando pelas estações de Metro, de barcos, comboios, onde uma trabalhadora aceitando a tarjeta afirmava alto e bom som, “ o que era necessário era que durante um mês o país parasse até que o governo caísse”. TAP, Tabaqueira, Carris, Metro, Portugal Telecom, bairros populares foram outros locais onde esta distribuição foi feita. Setúbal, Almada, Autoeuropa. EMEF, foram também locais onde os operários e trabalhadores aceitaram as palavras de mobilização, onde se afirmava nomeadamente que neste dia de greve os locais de trabalho fossem ocupados, formando piquetes de greve aguerridos dispostos a resistir ás investidas dos esbirros da polícia.  

Viva a Greve Geral!
Governo rua!
Por um Governo Democrático Patriótico!


 
 
 Imagem
Os trabalhadores da Soflusa, empresa que faz a ligação fluvial entre o Barreiro e Lisboa, aprovaram ontem, dia 24/06, em plenário a adesão à greve geral de quinta-feira.

 
 
 Imagem
A Linha Sindical Luta-Unidade-Vitória apoia inequivocamente a greve geral nacional convocada para o próximo dia 27 de Junho e apela a todos os trabalhadores para que façam dela uma grande jornada de mobilização e de luta pelo derrube do governo fascista de traição nacional Coelho/Portas.

Na greve geral de 27 de Junho deve ser imposta a ocupação dos locais de trabalho e derrotadas quaisquer manobras repressivas que procurem impedi-la. Durante o dia da greve, os trabalhadores devem debater a situação política no país e os caminhos e propostas para pôr de pé um governo democrático patriótico que suspenda o pagamento da dívida, organize a saída do euro, reconstrua a economia, elimine o desemprego e aplique um programa de desenvolvimento, de progresso e de bem-estar para todo o povo português.

VIVA A GREVE GERAL NACIONAL!
LUTAR POR TODOS OS MEIOS ATÉ AO DERRUBE DO GOVERNO DE TRAIÇÃO NACIONAL PSD/CDS!
POR UM GOVERNO DEMOCRÁTICO PATRIÓTICO!



 
 
O Sindicato dos Trabalhadores dos Barbeiros, Cabeleireiros e Ofícios Correlativos da RAM emitiram um aviso de pré-greve para o próximo dia 27.
 
 
 Imagem
A Associação dos Profissionais de Inspecção Tributária (APIT) vai aderir à greve geral de 27 de Junho, para protestar contra aquilo que entende ser um "violento, injusto e injustificado ataque aos funcionários públicos".

 
 
No sector marítimo e portuário aderiram diversos sindicatos, seguem alguns exemplos:

OFICIAIS/MAR – Sindicato dos Capitães, Oficiais, Pilotos, Comissários e Engenheiros da Marinha Mercante
SETC – Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal
SIMAMEVIP – Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante, Agências de Viagens, Transitários e Pesca
STFCMM – Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante
Federação dos Sindicatos do Sector da Pesca
STPSUL – Sindicato dos trabalhadores da Pesca do Sul

Também o Sindicato XXI – Associação Sindical dos Trabalhadores Administrativos, Técnicos e Operadores dos terminais de Carga 
Contentorizada do Porto de Sines se associaram à Greve geral, expressando o seu apoio aos objectivos desta Luta Geral.